fbpx

OTC: Conheça mais sobre o mercado de balcão

O que é OTC?

OTC é uma sigla que vem do inglês Over the Counter e representa os ambientes e operações para a negociação de ativos financeiros. No Brasil, a sigla equivale ao também chamado mercado de balcão. Basicamente, um mercado de títulos não regulamentados ou não cotados pelas regras da bolsa de valores. Esse mercado possibilita a entrada de empresas com menor força e expressão.

A negociação pode ocorrer entre duas partes, diretamente, ou com uma empresa especializada que seja capaz de facilitar a operação. No Brasil o mercado de balcão vem ganhando bastante espaço dentro do criptomercado, oferecendo uma oportunidade de negociar diferentes volumes sem depender do livro de ofertas de uma exchange.

Quais as características do Mercado de Balcão

São inúmeras as vantagens do mercado OTC. O destaque se inicia pela competitividade na cotação de compra e venda em grandes lotes de negociação. Isso é possível porque não existem taxas de intermediação. A negociação é feita diretamente entre as partes envolvidas e a cotação realizada quando vantajosa para ambas, isso tudo garante mais agilidade na operação.

Em relação a agilidade, corretoras não possuem um canal exclusivo para atendimento e os depósitos acabam demorando muito tempo para serem computados no sistema, fazendo com que aquela cotação já não seja mais tão atrativa para compra e venda na hora.

Já no mercado OTC, dependendo dos ativos, a negociação pode ser feita exatamente na mesma hora. Salientando que o mercado Over the Counter é bem menos burocrático e toda a negociação pode ser feita de maneira remota.

Outra questão decisiva é o limite diário para depósitos, que pode dificultar o processo para quem não se atenta a eles. Geralmente, o limite imposto é de R$ 25.000 por dia. Para aumentá-lo é preciso entrar em contato com a corretora e encaminhar documentos que comprovem a origem do dinheiro a ser negociado. No OTC esse problema não existe, pois é viável para quem negocia grandes valores. Além da rapidez, há a comunicação direta entre os envolvidos, deixando o processo mais atrativo.

Regulamentação deste tipo de mercado

Quando ouvimos falar que o OTC é um mercado de ativos não regulamentados e que possui menos regras do que a bolsa de valores, alguns podem pensar que esse tipo de negociação não é regularizado ou ilegal.

Na verdade, o mercado de balcão é totalmente regularizado e regulamentado, tendo diversas regras e normas que foram estabelecidas a partir da criação da SOMA, a Sociedade Operadora de Mercado de Ativos.

A SOMA, fundada em 1996 e comprada em 2002 pela atual B3, garantiu que as negociações Over the Counter fossem devidamente registradas. Isso passou a garantir um controle muito melhor de liquidez e demanda.

Além da presença da SOMA para regularizar e administrar todos os mercados descentralizados OTC, para poder operar com esse tipo de negociação, uma companhia precisa primeiro ser autorizada pela CVM.

Essa parte burocrática garante que as negociações OTC sejam protegidas de fraudes e de outros problemas que não sejam os riscos inerentes do mercado. De maneira geral, o que se opera no OTC são ativos diversos, sendo os principais deles as ações, debêntures, títulos e valores mobiliários de companhias abertas. Há também a possibilidade de negociar cotas em fundos de investimento e carteiras referenciadas em ativos.

O balcão ainda permite transações de títulos e valores mobiliários autorizados pelo CVM e pela B3. E para que o investidor prefira realizar alguma transação no OTC, é importante ressaltar que não há intermediários como na B3 — a negociação se desenvolve entre o interessado, corretora e bancos de investimentos. 

Qual a relação com Criptomoedas?

Desde a ascensão das criptomoedas, é comum relacionar o OTC a esse tipo de investimento. Por que? Ela ocorre devido ao fato do mercado de balcão onde as criptomoedas são negociadas em grande quantidade, tanto por empresas quanto por pessoas. Sendo assim, os investidores preferem passar direto ao OTC, onde duas pessoas ou uma empresa especializada podem conduzir essa operação. 

Por exemplo, Bitcoins estão sendo negociados nesse volume fora das corretoras por um motivo: grandes movimentações podem causar alterações na busca de preços, devido a falta de liquidez. Ou seja, e você quiser comprar uma quantia grande de algum criptoativo como o Bitcoin, além de se deparar com a falta dessa quantia na exchange, você poderá pagar mais caro pelos ativos adquiridos.

Mercado OTC de Criptomoedas chega a ser 3 vezes maior que corretoras

Com base em entrevistas com participantes ativos do setor, o mercado OTC de criptomoedas pode ser até 3 vezes maior do que os volumes de negociação diários nas corretoras.

No mercado internacional, o ticket médio das negociações de bitcoin OTC geralmente é de US$ 75.000 a US$ 250.000, podendo chegar a centenas de milhões de dólares.

Falando especificamente de Bitcoins, o  mercado mundial totaliza cerca de US$ 4 bilhões em negócios diariamente. Ou seja, o mercado de criptomoedas é um iceberg: a ponta pode ser vista nas corretoras, mas a maior parte do volume transacionado ocorre nas mesas OTC, o que é invisível para a grande parte da população.

Investidores profissionais e institucionais, fundos de investimento e grandes empresas, estão cada vez mais se interessando por criptomoedas e procuram diretamente as mesas Over the Counter. Ao invés de se aliar às corretores e executar ordens no livro de ofertas para fazer grandes movimentações no preço, compram de forma discreta nos “balcões”.

As mesas OTC ainda são pouco conhecidas no Brasil, mas possuem um público amplo que as utilizam no mercado financeiro. Com o aumento da profissionalização do mercado de ativos, elas têm ficado em evidência e provavelmente já negociam a maior parte do volume brasileiro de criptomoedas.

A partir de R$50.000,00 a pessoa já está apta para o processo. Como este é um valor considerado alto, é preciso saber dos riscos envolvidos nessas negociações. A grande dificuldade deste tipo de mercado é a confiança, porém buscar informações e suporte é essencial.

Se inscreva em nossa NEWS LETTER

CONHEçA NOSSAS Redes Sociais:

A Wuzu cria e oferece suporte a projetos de ativos digitais desde 2017. Nosso conjunto de produtos é modular e de fácil configuração, possibilitando a execução de uma solução completa em cerca de 2 horas.

Em Uma Semana Seu MVP estará no ar!