Golpes de arbitragem: como funcionam os e como evitá-los!

O criptomercado vem expandindo de maneira crescente, porém, é impossível relevar os diversos problemas que podem existir relacionados a golpes de arbitragem, principalmente os golpes de arbitragem com bitcoins. Sejam eles mais elaborados ou simples como por exemplo, compras falsas, que em pouco tempo são capazes de prejudicar várias pessoas.

No mercado tradicional de ações, a prática da arbitragem não é novidade. É comum que muitos profissionais utilizem-na para levantar lucros. Fato que, sempre haverão oportunistas prontos para jogar suas iscas e, no mundo das criptomoedas, por ser ainda um ambiente novo, com falhas, principalmente envolvendo a falta de conhecimento do usuário, os golpes de arbitragem se tornam mais passíveis de acontecer.

Um Resumo Sobre Arbitragem

De maneira sucinta, arbitragem é o ato de comprar um bem ou ativo, que pode ser uma ação ou uma criptomoeda, por exemplo, adquiridos em uma exchange ou em uma bolsa de valores, e vendê-lo por um preço maior. No mundo cripto, as moedas digitais normalmente são compradas e vendidas em diferentes exchanges que têm entre si uma variação de valor.

Como os golpes de arbitragem afetam o mercado

Muitas são as histórias de golpes de arbitragem. Existem casos em que milhares de usuários foram prejudicados ao mesmo tempo, sejam em exchanges falsas, esquemas de pirâmide e falsas minerações na nuvem.

De acordo com especialistas, os golpes de arbitragem se adaptam às tendências do momento. Na época de mineração, eram as falsas mineradoras nas nuvens com rendimentos considerados absurdos. Agora que a sensação é o trade, os golpes de arbitragem estão focados nesse nicho. Por isso é essencial salientar a importância de se manter atento às novidades e imergir nelas com cautela.

Golpes de arbitragem com bitcoins, como dito anteriormente, são mais comuns. Buscando um retorno garantido e lucros irreais, o número de vítimas aumentou muito e muitos deles, não possuem garantia alguma de que irão receber os valores ‘investidos’ no golpe de volta. Isso mostra como devemos confiar apenas em nosso próprio julgamento, e ainda assim, estaremos sujeitos a errar.

A existência desses golpes no passado mostrou o quanto a comunidade precisa amadurecer e o longo caminho que há para ensinar o que realmente são criptomoedas e qual é o seu verdadeiro uso. É preciso comprar bitcoins e outras criptomoedas sempre pensando a longo prazo, como mais uma alternativa de diversificar seu patrimônio e tendo a consciência na hora de evitar propostas milagrosas para ganhar dinheiro fácil do dia para a noite.

Os tipos mais comuns de golpes de arbitragem

Mineração em nuvem:

Quando este tipo de mineração estava em alta, houveram diversas empresas que prometiam aos usuários o uso de seus servidores para minerar bitcoins e altcoins, podendo realizar saques após um determinado valor ser atingido.Recentemente esses golpes tiveram uma diminuição significativa. O motivo? Após todas as mineradoras que prometiam ser milagrosas quebrarem, as pessoas adquiriram um conhecimento maior sobre esse tipo de golpe de arbitragem e passaram a se prevenir, dificultando a ação dos enganadores em novos esquemas.

Golpes com trading:

Sem dúvidas, o golpe mais comum. É preciso deixar claro que existem excelentes plataformas com robôs de trading reais e sistemas de arbitragens que são confiáveis e capazes de oferecer lucro real para os clientes e investidores.
Porém, por ser uma febre atual no mundo das criptomoedas, muitas plataformas podem se destacar de maneira negativa, prometendo lucros incríveis e que são praticamente impossíveis de acreditar, com retorno em poucos meses. Assim como nos golpes de mineração, nesses casos os usuários pagam os investimentos dos mais antigos e assim vão subindo até a “base” da pirâmide, que irá desmoronar quando os criadores do esquema desaparecerem.

Outros tipos de golpe de arbitragem:

Um golpe bem comum é em negociações P2P, onde o comprador envia o dinheiro, mas nunca recebe os ativos digitais que supostamente comprou. Outros golpes mais sofisticados são os realizados através de exchanges falsas, carteiras falsas, ataques de phishing e cryptojacking, mais comuns em nível mundial, sem um foco no mercado brasileiro de criptomoedas.

Como identificar um golpe de arbitragem?

Os pontos listados abaixo podem ser usados para analisar propostas de qualquer setor, afinal, o golpe de arbitragem é sempre o mesmo, o que muda é a fachada dele. Destacando sempre que, uma empresa não possui motivos para esconder seu trabalho.

  1. Nenhuma prova de atividade:
    O que uma empresa poderia perder ao mostrar suas negociações? Pelo contrário, isso a ajudaria a prospectar mais clientes.
  2. Bot de código-fechado:
    Mais um motivo que impossibilita a verificação da atividade, promovendo um produto milagroso que só eles possuem.
  3. Arbitragem ilimitada:
    Este setor depende muito de volume/liquidez. Uma coisa é fazer arbitragem com 10 mil reais, outra é com 10 milhões e manter o desempenho.
  4. Operadores anônimos:
    Sites que não mostram seu dono, empresas sem uma pessoa por trás, sempre serão passíveis de suspeitas.
  5. Sem estratégia de saída:
    Você não pode retirar o seu investimento quando quiser.
  6. Promessa de lucro fixo e/ou garantido:
    Este setor é uma montanha-russa, não há como garantir nada.

A blockchain é bastante transparente. É possível consultar transações, endereços ou o proprietário de um endereço criar uma mensagem e assinar com sua chave para provar que de fato o endereço é dele. Mesmo não sendo fácil, a maioria das empresas não tem compromisso nenhum com a transparência.

Como evitar golpes de arbitragem

A segurança do usuário e o cuidado para evitar golpes de arbitragem, em especial, golpes de arbitragem com bitcoins, precisam ser as maiores preocupações das empresas, ainda mais quando elas possuem em mãos o dinheiro de outras pessoas. Listamos algumas dicas importante de como evitar golpes.

Procure uma exchange de confiança

Exchanges são as plataformas responsáveis pela troca de criptomoedas. Funcionam como corretoras no mercado de ações, conectando pessoas que querem comprar com pessoas que querem vender suas criptomoedas. É muito importante dar preferência por uma exchange com certificações reconhecidas de segurança, por empresas que ofereçam instruções básicas e tenham um suporte para tirar dúvidas de seus investidores, principalmente se você estiver fazendo seus primeiros investimentos criptoativos.

Faça backups semanais

A fim de redobrar o cuidado e evitar ataques de hackers, é importante fazer backups frequentes da carteira digital, que devem ocorrer ao menos uma vez na semana. A impressão e o armazenamento de um documento físico também são uma alternativa interessante para garantir a eficácia da cópia de segurança em caso de invasão das suas informações ou perda do HD ou pendrive.

Use processos de autenticação

Após encontrar uma corretora de confiança, faça seu cadastro regular e respeite todos os processos de autenticação. Com eles, é possível validar se o usuário que está tentando entrar na conta é o mesmo cujos dados estão registrados no sistema. Esta medida garante um controle no acesso e proporciona o máximo de segurança. Tenha em mente que possuir um email com senha forte e não compartilhá-la é outro adendo essencial.

Atenção a tentativas de phishing

Uma prática bastante usada por golpistas é o famoso “phishing”, técnica que “pesca” informações e dados pessoais importantes através de mensagens falsas. O usuário é levado a informar, por conta própria e inadvertidamente, alguns dados sigilosos que permitirão o furto de suas criptomoedas. Preste atenção a e-mails suspeitos, principalmente se vierem acompanhados de links estranhos e forem enviados por remetentes desconhecidos ou não identificados.

Os criminosos podem até oferecer segurança ou suporte técnico mas, na verdade, querem copiar seus dados e podem, inclusive, transferir as criptomoedas. Confie apenas na assistência técnica que você tenha solicitado.

Nunca compartilhe informações sobre suas transações

Muito comum que usuários interessados em investir bitcoins participem de fóruns especializados para tirar dúvidas e saber mais sobre transações. No entanto, é preciso estar atento para não compartilhar informações demais sobre seus investimentos, como qual é sua carteira ou quantidade de criptomoedas que você possui. Quando o assunto é o seu dinheiro, todo cuidado é pouco.

Todo cuidado é pouco com golpes de arbitragem

Muitas pessoas caem nos golpes de arbitragem, em especial os golpes de arbitragem com bitcoins, onde a promessa é sempre lucro fácil. Ganhos milagrosos são iscas para captar muitos usuários, porém eles são praticamente impossíveis.

Por esse motivo é preciso saber evitar golpes com mineradores fantasmas e trading milagroso. Sempre se informe antes de qualquer investimento, principalmente se ele for grande. É necessário desconfiar de todo negócio incrível e imperdível. Vale lembrar que não há fórmula para ficar rico da noite para o dia.

Pesquisa e conhecimento sempre serão a melhor maneira de evitar golpes de arbitragem ou de qualquer outro tipo. Isso inclui uma boa pesquisa sobre pares P2P antes de efetuar compras de criptomoedas, novas carteiras, exchanges e ativos digitais que estão sendo lançados.

Acompanhe sempre as notícias dos segmentos para garantir conhecimento e prevenção sobre o mercado de criptomoedas.

Se inscreva em nossa NEWS LETTER

CONHEçA NOSSAS Redes Sociais:

A Wuzu cria e oferece suporte a projetos de ativos digitais desde 2017. Nosso conjunto de produtos é modular e de fácil configuração, possibilitando a execução de uma solução completa em cerca de 2 horas.

Em Uma Semana Seu MVP estará no ar!

logo-wuzu