fbpx

Glossário dos Ativos Digitais Financeiros

Para facilitar a vida de quem está começando a aprender sobre o mercado financeiro de criptoativos, decidimos montar um dicionário com os termos que estão em voga atualmente. Tire suas dúvidas e entenda sobre os principais termos do mercado de cripto.

A equipe da Wuzu manterá esse dicionário constantemente atualizado, para garantir que você sempre saiba onde recorrer em caso de dúvidas. Continue nos acompanhando.

 

24/7

Serviço disponível 24 horas por dia, 7 dias na semana.

Agentes Autônomos de Investimento (AAI)

Profissional autônomo de distribuição e mediação de títulos de valores mobiliários. Apesar de serem pessoas físicas, normalmente, agem sob o regimento de corretoras, normalmente.

AltCoin

São criptomoedas alternativas ao bitcoin que possuem suas características determinadas por meio das necessidades que elas irão suprir. Exemplo:Litecoin, Dogecoin etc.

AML

Sigla para “Anti-Money Laudering” ou, em português, “Prevenção contra a Lavagem de Dinheiro”. Refere-se às normas implementadas pelos órgaos reguladores para combater a lavagem de dinheiro e o financiamento ao terrorismo.

Arbitragem

É a pratica de se tirar vantagem da oscilação de preços de um valor negociável em diferentes mercados. Caracteriza-se pela compra de um ativo a um valor inferior ao preço de revenda, obtendo-se lucro por meio da diferença de preços.

Financial Assets

Ativo financeiro intangível que deriva de uma reivindicação contratual. Exemplos: depósitos bancários, títulos e participações no capital de empresas.

Ativo Fungível

Ativos fungíveis são aqueles que você pode, além de tocar, trocar e comercializar de maneira que ambos tenham o mesmo valor. Por exemplo: uma nota de 100 reais é um ativo fungível.

Ativos

Termo utilizado para expressar bens, valores, créditos, direitos ou quaisquer itens similares que formam o patrimônio de uma pessoa física ou jurídica e que são avaliados por seus custos.

Ativos Digitais

São recursos como imagens, textos, apresentações, vídeos, códigos de software, sites, blogs, perfis em redes sociais etc que necessitam de um direito de uso.

Automated Teller Machine (ATM)

Comumente conhecido no Brasil como “caixa eletrônico”, é um aparelho que permite aos clientes fazerem transações de dinheiro básicas por meio do uso de cartões.

B3

Brasil, Bolsa e Balcão. Combinação entre BM&FBOVESPA, trata-se de uma das Bolsas de Valores brasileira desde 2017.

Back Office

“Setor” de administração e suporte cujo foco é a empresa e não o cliente. O back office cuida das responsabilidades regulatórias, da TI, da contabilidade e de outras funções que estruturam e mantêm o funcionamento eficiente da empresa.

Baleia***

Nomenclatura para pessoas que são donas de grandes quantidades de criptomoedas e possuem influência significativa no mercado.

Bitcoin

Com letra maiúscula, representa o protocolo criado por Satoshi Nakamoto.

bitcoin

Com letra minúscula, significa o nome da unidade monetária do protocolo Bitcoin.

Blockchain

Base de dados que permite rastrear o envio e o recebimento de determinadas informações na internet. O nome se dá por conta do sistema se constituir por pedaços de códigos que se conectam como blocos.

Blockchain.info

É uma exchange de financiamento, compra, venda e carteira de bitcoin, bitcoin cash e ethereum. Também traz conteúdo informativo sobre o mercado de cripto, como estatísticas e gráficos de dados.

Bloco Genesis

Primeiro bloco de bitcoin minerado.

Bull market

Termo utilizado para expressar que um ativo, após um histórico em alta constante e linear, tende a subir ainda mais. Essa descrição serve tanto para um único ativo como para todo o mercado financeiro.

CBios

Commodity ambiental conhecida como “crédito de descarbonização”. Tem como função a redução da emissão de carbono por produtores e importadores de biocombustível. A cada 1 tonelada de CO2 não emitida, é criado um título (CBio), mediante a verificação e a autorização da B3, que será precificado no mercado.

CBLC

Órgão responsável por custodiar, liquidar e garantir as transações de títulos e ações negociadas na Bolsa de Valores. Substituta da antiga Caixa de Liquidação.

Clearing House

Órgão responsável por garantir a transparência e segurança nas operações de liquidação e compensação no mercado financeiro.

Cold Wallet (ou “Carteira Fria”)

Uma opção para o armazenamento de criptomoedas de forma offline. Ao usar a carteira fria, os ativos armazenados estão mais seguros contra o ataques de hackers.

Contrato Inteligente

Protocolo computadorizado autoexecutável. Tem como função facilitar e reforçar as negociações e o desempenho do seu cumprimento.

Criptomoedas

Moeda virtual que possui um sistema descentralizado de controle de suas transações.

Crowdfunding

Financiamento coletivo caracterizado pela obtenção de capital por meio da colaboração de inúmeras fontes de financiamento.

Custódia

Processo de guarda de ativos no qual as ações, os títulos e outros bens são mantidos e atualizados por terceiros em nome do seu titular.

CVM

Autarquia vinculada ao Ministério da Economia que tem a função de disciplinar e fiscalizar o mercado de valores mobiliários.

Dark Pool

A dark pool é um local privado que facilita o câmbio de instrumentos financeiros. Diferentemente de uma exchange pública, não possui um livro de ordens visível e as trades não são públicas, tornando-se visíveis somente depois de executadas.

Debênture

Título de dívida emitido por empresas que oferecem direito de crédito ao investidor. É um instrumento de captação de recursos no mercado de capitais utilizado pelas empresas para o desenvolvimento de projetos.

Digital Assets

Item de texto ou arquivo de mídia enriquecido e formatado dentro de um código binário que possui direito autoral embutido.

Due Diligence

Levantamento detalhado de informações de uma empresa. Geralmente, o foco reside em uma possível negociação, a fim de que se possa ter mais segurança na realização de uma transação importante. Tradução popular: “diligência prévia”.

Equity

Patrimônio liquído de uma empresa. É a representação do dinheiro que seria devolvido aos acionistas caso todos os ativos fossem liquidados e todas as dívidas pagas.

Equity Crowdfunding

Financiamento coletivo voltado para empresas em que um grupo de pessoas aplica seu dinheiro para projetos da empresa e recebe em troca direitos de participação societária.

Exchange-traded fund (ETF)*

Fundo de investimento negociado na Bolsa de Valores como se fosse uma ação. Tradução popular: “fundo de índice”.

Ethereum

Plataforma que permite a programação de aplicativos descentralizados, contratos inteligentes e transações da criptomoeda Ether.

Exchange

Intermediadoras de negociações de ativos que funcionam como corretoras de valores independentes.

Fiat

É a moeda legal de qualquer país impressa pelo governo. Exemplo: real, dólar, euro, etc.

Fiduciário*

Em Economia, significa algo cujo valor depende da confiança atribuida a ele.

FINRA

Empresa privada que atua como uma organização autorreguladora de corretoras e membros do mercado de câmbio.

Fork

Bifurcação no sistema por conta de uma atualização ou um aprimoramento de códigos e regras das criptomoedas. Exemplo: imagine um garfo sendo seu cabo o sistema central e cada bifurcação que forma seus dentes, uma atualização do sistema.

Fundos de Investimento

Estruturas formalizadas de investimento coletivo. Os ativos podem incluir títulos públicos, cambiais e de renda fixa, fundos imobiliários, ações e commodities, entre outros.

Fungível

Item que tem a capacidade de ser substituido por outra coisa de mesma espécie cujo valor se mantém o mesmo. Exemplo: Dinheiro.

Hot Wallet

Opção de armazenamento de criptomoedas de forma online. Pode ser interpretada como uma “conta corrente” em que o uso das criptomoedas se direciona à realização de transações.

ICO

Oferta inicial de novas moedas digitais de empresas para investidores com o intuito de obter capital para desenvolvimento.

IEO

Oferta inicial de novas moedas digitais para investidores sob a proteção de regulamentação de uma exchange com o intuito de obter capital para desenvolvimento.

Instrução nº 476 da CVM

Instrução que regulamenta o processo de oferta pública de ações de uma empresa de forma restrita a um número específico de investidores.

Instrução nº 588 da CVM

Norma que regulamenta ofertas públicas de valores mobiliários para todas as empresas com faturamento anual de até R$ 10 milhões. Essa instrução regulamenta o mercado de equity crowdfunding ou de investimentos coletivos.

Initial Public Offering (IPO)

Caracteriza-se quando uma empresa recebe novos sócios por meio de uma oferta de ações no mercado. Dessa forma, a empresa se torna uma companhia de capital aberto.

KYC

Estratégia voltada para empresas que tem como objetivo a prevenção contra riscos de fraudes financeiras, corrupção, lavagem de dinheiro, financiamento ao terrorismo e outras ameaças relacionadas a finanças. Busca-se um grande conjunto de informações sobre o consumidor, de forma a assegurar que ele não apresenta riscos para a empresa.

Ledger

Banco de dados que é compartilhado, replicado e sincronizado entre os membros de uma rede descentralizada. O ledger registra transações como a troca de ativos ou dados entre os participantes na rede.

Leilão

Evento público em que são vendidos objetos a quem oferecer o maior lance.

LGPD

Lei Geral de Proteção de Dados do Brasil que estabelece regras sobre coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais.

Liquidez

Velocidade e facilidade com as quais um ativo pode ser convertido em dinheiro novamente.

Matching Engine

Sistema eletrônico capaz de combinar ordens de compra e venda para o mercado de ações, mercado de commodities ou outra bolsa financeira.

Mercado de Ações

Ambiente no qual empresas de capital aberto negociam frações de seu patrimônio.

Nasdaq

Segunda maior bolsa de valores dos Estados Unidos.

NFT

Token não fungível – é um tipo especial de token criptografado que representa algo único baseado na tecnologia blockchain.

(OTC) Over the Counter*

Toda a distribuição, compra e venda de ações realizada fora da bolsa de valores. Tradução popular: “sobre o balcão”.

P2P

Categoria de negociação de ativos em que não há intermediação de uma exchange: os usuários fazem a compra e a venda de forma independente.

PIX

Meio de pagamento eletrônico instantâneo, de baixo custo e seguro.

Plataforma de Trade

Plataforma de acesso a investimentos negociáveis, sejam de renda fixa ou variável.

Pool

Convênio estabelecido por empresas com a função de agrupar fundos que serão distribuídos entre os participantes.

Real State

Expressão utilizada para englobar todas as opções de investimento dentro do mercado imobiliário.

ReitBZ

Token de segurança garantido por valores mobiliários do Banco BTG Pactual.

Robô de Arbitragem

Software que utiliza algoritmos inteligentes para operar ativos na bolsa comprando e vendendo ações com base em uma estratégia configurada previamente pelo investidor.

STO

Tipo de oferta pública de títulos digitais tokenizados .”Tokens de Segurança” (STO), são representações do domínio de produto de um investimento registrado no blockchain.

Stock Market

Onde investidores se conectam para comprar e vender ações. Bolsa de valores.

Token

Representação digital de um ativo que possui especificação armazenada na bockchain.

Trade

Operação de compra e venda de ativos em curto prazo.

Volatilidade

Termo “medidor” da variação de um ativo. Quando falamos que determinado ativo tem alta volatilidade, significa que seu preço varia muito e de maneira muito rápida.

Wallet

Dispositivo eletrônico que permite que um indivíduo faça transações eletrônicas.Carteira digital.

White Label

Softwares com soluções personalizáveis para empresa. Por exemplo: A Wuzu é uma plataforma white label 100% customizável para as necessidades da sua marca.

CONHEçA NOSSAS Redes Sociais:

A Wuzu cria e oferece suporte a projetos de ativos digitais desde 2017. Nosso conjunto de produtos é modular e de fácil configuração, possibilitando a execução de uma solução completa em cerca de 2 horas.

Em Uma Semana Seu MVP estará no ar!

Fale com um consultor hoje