Case BMV – Créditos de floresta: um token para salvar o meio ambiente

É possível que um produtor rural, hoje, ganhe mais dinheiro mantendo a mata nativa de sua propriedade de pé do que colocando ela a baixo?

Sim, é possível.

E é justamente isso o que acontece por meio do crédito de floresta, um ativo financeiro que titulariza o patrimônio ambiental e permite ao produtor ser remunerado não apenas pela preservação, mas também pela adoção de métodos sustentáveis.

Na prática, é um mecanismo de compensação. Em uma ponta, estão os proprietários de terras com mata nativa. Na outra, empresas interessadas em obter certificação ambiental e zerar sua “pegada de carbono”, financiando a manutenção da floresta.

Quem patrocina a iniciativa é o programa Brasil Mata Viva (BMV), uma rede de empresas, produtores rurais e cientistas, sob gestão da IMEI Consultoria Ambiental.

Como funciona

Antes de qualquer troca comercial, existe um procedimento rigoroso, que fornece garantias para todas as partes envolvidas:

  1. Os proprietários que dispõem de mata nativa e aderem ao BMV se organizam em associações, e formulam um plano de conservação e sustentabilidade de sua cadeia produtiva.
  2. As terras são inventariadas, num processo atestado por pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp), por meio de uma metodologia reconhecida pela Organização das Nações Unidas.
  3. O trabalho é verificado e validado por uma entidade internacional, a auditoria Ernst & Young , acreditada pela ONU.
  4. O valor potencial do patrimônio ambiental é calculado.
  5. Os créditos de floresta são registrados em uma plataforma segura, com tecnologia blockchain. Só então, ficam disponíveis para compra.

Créditos de floresta são tokens

O mecanismo é semelhante ao das Initial Exchange Offerings (IEO), processos de financiamento muito utilizados na criação de novas criptomoedas e mediados por corretoras virtuais (exchanges). Numa IEO, um desenvolvedor apresenta um projeto e vende partes dele para financiadores, na forma de pequenas ações, os tokens.

No caso do Brasil Mata Viva, os tokens são recibos de créditos de floresta, e o projeto a ser custeado não é a criação de uma nova criptomoeda, mas a preservação do meio ambiente.

E não são créditos de carbono

Os créditos de floresta são diferentes dos famosos créditos de carbono. No mecanismo criado pelo Protocolo de Kyoto, em 1997, um crédito de carbono pode ser emitido de diversas formas. Ele pode equivaler a uma área de floresta preservada, mas também pode dizer respeito a uma empresa que durante um ano poluiu um pouco menos e resolveu vender sua “cota de poluição” para outra, que se excedeu.

No Brasil Mata Viva, existe uma única forma de emitir um crédito de floresta: preservando a vegetação nativa, os recursos hídricos e a biodiversidade.

Outra diferença é que os créditos de floresta podem ser negociados livremente, aportados a sociedades, fundos de investimento ou dados em garantia, e podem se valorizar como qualquer outro ativo, obedecendo à relação entre oferta e demanda – o que dá o investidor ainda a possibilidade de retorno financeiro.

 

Uma metodologia segura

Todas essas eventuais transações precisam ser assinaladas e devidamente auditadas. A tecnologia evita fraudes, como por exemplo a venda repetida de um mesmo token.

E quem adquire créditos de floresta ainda recebe um certificado com a lista correspondente das propriedades beneficiadas e suas coordenadas geográficas, para uma ocasional verificação.

Financiar a floresta é para todos

O programa Brasil Mata Viva existe há cerca de 13 anos. O propósito, desde o início, foi criar um novo modelo econômico de preservação ambiental, replicável e com bases sustentáveis. Uma resposta coerente e eficaz à destruição sistêmica da natureza.

Até agora, no entanto, o acesso aos créditos florestais estava disponível exclusivamente para parceiros previamente homologados. Isso muda com a parceria firmada entre o Brasil Mata Viva e a Wuzu, que desde a sua fundação tem como meta a democratização de investimentos em ativos digitais.

Foi a Wuzu que criou a nova plataforma que permite a oferta e a compra de créditos de floresta. O novo modelo facilita que pequenas e médias empresas, e até mesmo pessoas físicas, invistam no ativo, por meio de um sistema de acesso fácil, ágil e confiável.

Um esforço mundial

Hoje, além de grandes empresas, também governos já aderiram aos créditos de floresta. O estado do Amapá certificou áreas de mata nativa para ofertar no mercado. Outros estados dispõem de legislações similares. E o investidor que adere a essa nova forma de preservação pode conseguir ainda benefícios em impostos.

A preservação ambiental foi um dos principais temas da edição deste ano do Fórum Econômico Mundial, no mês de janeiro. Pelo menos 20 eventos que aconteceram em Davos, na Suíça, estavam ligados ao tema. Uma pesquisa divulgada pela própria organização do Fórum demonstrou que as mudanças climáticas são hoje a principal preocupação da comunidade de Davos.

Quer começar o seu projeto?

Você não precisa se preocupar em ter um time de TI dentro de casa. A Wuzu entrega a solução pronta. Oferecemos toda a tecnologia relacionada a: hospedagem, manutenção e atualização dos seus sistemas de TI para que você possa concentrar-se em dar uma experiência de atendimento acima da média. A solução completa da Wuzu oferece o Home Broker, o sistema de conheça seu cliente (KYC), sistema de prevenção a lavagem de dinheiro (AML), Cold Wallet.

As Vantagens de Lançar um STO com a Wuzu

  • CAPTAÇÃO de ativos de forma rápida visto a segurança financeira oferecida.
  • Tenha um produto totalmente personalizado com sua marca!
  • Ofereça Liquidez e segurança aos seus clientes sem se preocupar em contratar um time de tecnologia!

 

Quer Começar seu próprio STO?

Com a Wuzu Você pode ter um STO em questão de dias! Entre em contato

Se inscreva em nossa NEWS LETTER

CONHEçA NOSSAS Redes Sociais:

A Wuzu cria e oferece suporte a projetos de ativos digitais desde 2017. Nosso conjunto de produtos é modular e de fácil configuração, possibilitando a execução de uma solução completa em cerca de 2 horas.

Em Uma Semana Seu MVP estará no ar!